“Não queiras ter pátria, não dividas a terra, não arranques pedaços ao mar. Nasce bem alto, que todas as coisas serão tuas...” (Cecília Meireles)

RETALHOS

               
                    Nasci assim, desconstruída
                                          e desde então
                          inspiro-me nos retalhos.
                     Num dia, costuro alegrias,
                                          sonhos e fé...
                                    Noutro, tristezas,
                                  dores e decepções.
                                        E faço a bainha  
                               de minhas saudades
                       para que não me desfiem
                                                 as forças.
                 E quando o nó aperta demais
                               lavo-me em prantos,
              às vezes, pelo amor perfumado
                      noutras, pela dor, salgado.
                 Esperando no sol de amanhã
             o alívio dos meus pesos de hoje,
            estendo-me no varal das ilusões
                                           como forma
                       de amenizar as cicatrizes
                                que me construíram.
                                        E todo o resto,
                            é apenas densa poeira
                         que o vento se encarrega 
                                                 em levar.

  lumansanaris
Imagem: Google 

12 comentários:

  1. Que bom que voltou, mesmo desconstruída, mesmo com uma boa dose de melancolia nas palavras, pouco importa, pois na imensa "flora" de poetisas que existem no mundo, és uma espécie de rara beleza.

    Abraço, Lu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela generosidade Messias...

      Abraço, fica bem...

      Excluir
  2. SERGIO NEVES - ...frente à grandeza dos teus versos, poeticamente todo o resto é apenas densa poeira que o vento se encarrega de levar... / Carinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Sergio...
      Você sempre muito generoso, obrigada meu amigo...
      Um beijo, fica bem...

      Excluir
  3. E o que somos nós amiga, além de retalhos, do que fomos ou do que ainda vamos ser. O inteiro sempre nos escapa, só conhecemos em parte!! Adorei, lindo, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amiga...
      Feliz por te ver, torcendo por ti...
      Bjos cheios de carinho =)

      Excluir
  4. Como sempre doce, singelo, profundo e belo. Aplausos. Muita luz e paz. Beijo no coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amiga pela generosidade...
      Beijo cheio de carinho, fica bem...

      Excluir
  5. I think this is one of the most vital information for me.
    And i am glad reading your article. But should remark on few general things,
    The website style is wonderful, the articles is really great : D.
    Good job, cheers

    Here is my website; world at arms tutorial

    ResponderExcluir
  6. I do accept as true with all of the ideas you've introduced to your post.
    They are very convincing and will certainly work.
    Nonetheless, the posts are very brief for beginners.
    May just you please extend them a little from next time?

    Thanks for the post.

    Feel free to visit my site: flappy bird cheat android download

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi...
      Thank you for visiting my blog.
      Just to clarify, my posts are not articles, they are poems, that's why sometimes they seem short, but what I intend is not to develop an idea, but to describe my feelings.
      Kind regards,
      lu.

      Excluir
  7. Olá.

    Belo texto... gostei.
    ,Meus parabéns e uma boa tarde.

    ;D

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho para com as minhas digitais.

Real Time Web Analytics