"Cabe-nos a tarefa irrecusável, seriíssima, dia a dia renovada, de - com a máxima imediaticidade e adequação possíveis - fazer coincidir a palavra com a coisa sentida, contemplada, pensada, experimentada, imaginada ou produzida pela razão." Goethe

CATARSE


Sei-me parte 
Integrante do universo 
E como tal, aceito
Os ciclos que compõem
A catarse 
De minha existência.

Pois que nas estações 
Dos meus dias,
A dor é mero engano
E os enganos são ilusões
Passageiras.

O Amor e a Verdade
São a minha natureza-comum
Que flui e se harmoniza
Com todos os outros seres
[Todos emissores
Do mesmo bem]

Caminho o mesmo caminho
De serventia e gratidão
Dos meus irmãos.
E o conhecimento desta realidade
Aperfeiçoa-me o espírito
[Em viagem e partida]

Então, que a minha liberdade
Possa, corajosamente,
Partilhar o bem 
Que não se cobra e nem se apega
[Que o bem me seja
Um viajante de longos alcances]

E porque sou filha(o) da Perfeição
Que toda a luta s
eja 
Justa e pacífica...
Nos mais variados movimentos 
Do tempo, 
Que eu transforme o agora
[Sempre]
No melhor momento. 

Imagem: Google

10 comentários:

Emmanuel Almeida

Ser livre é amar e deixar-se amar por alguém! Lindos versos!

Amanda Lopes

!!!!!!!!!!!!!!!!
Fomos criados para o bem!
Tua poesia é uma oração Lucy.
Me faltam palavras...

Rick Forrestal

A rainbow in your hands.
I love it.

SOLIDARIEDADE

Sentimos na pele, alma e coração, todo o sentido do teu amor e generosidade que emanas em tuas ações e principalmente em tua obra poética.
Beijos poetisa.

Lucy Mara Mansanaris

Poeticamente é tão mais fácil, rs... Por vezes, as ações calejam demais coração e joelhos... Talvez por isso, Deus tenha nos dado uma alma, rs... Sigamos, aprendendo sempre! Gratidão pelo carinho!

Nelson Medeiros

Grande poetisa:

Que hino, que oração à Vida é este poema... Tentar descrever, aqui, o que senti lendo-o é colaborar para escrever mediocridades, pois que falta espaço para tanta grandiosidade poética.
Que perspicácia tiveste ao descrever o que somos, para que viemos e qual a nossa finalidade, o nosso objetivo nesta jornada.
Quanta verdade. Purgamos e nos purificamos... Limpamos nossa alma e libertamo-nos...

Enorme satisfação me trouxe esta poesia...
Forte abraço, com a admiração de sempre...
Nelson

Salete

Que o bem prevaleça sobre todas as coisas.
Sempre bom passar por aqui, Lucy.

Beijo e bom fim de semana.

Anônimo

SERGIO NEVES - ..."E por que sou filha da Perfeição...",..."filho(a) de peixe peixinho é"... // Carinhos.

Lucy Mara Mansanaris

rs... Somos todos meu amigo.
Obrigada pelo carinho, receba o meu tbm!

Suzete Brainer

Com o Ser consciente e luminoso se inscreve Poema catarse
em revelação sábia, no cultivo de sentimentos nobres e a
certeza de sempre o agora (hoje) seja o puro sentir,
acima das contaminações de dores que no passado ficam.
O hoje luminoso sempre!...
As tuas mãos:
A beleza da Alma e a Poesia, Lu!
Abraço de admiração!

Real Time Web Analytics