"Cabe-nos a tarefa irrecusável, seriíssima, dia a dia renovada, de - com a máxima imediaticidade e adequação possíveis - fazer coincidir a palavra com a coisa sentida, contemplada, pensada, experimentada, imaginada ou produzida pela razão." Goethe

DO ALCANCE


Saiba amor
que quando me dispo 
em letras no papel,
estou na verdade tentando 
alcançar-te
os meus caminhos...

Pois que antes de ti era apenas 
uma rua, estranha e escura
até mesmo a mim.

Porém, és luz nascida para alcançar 
o que outrora apenas a sombra 
havia abarcado.

O nosso encontro 
é todo feito de mistérios
que me encorajam a seguir, alheia,
tentando alçar-me no céu
de teus terrenos e imensidões...

Minhas letras são como asas,
asas de sentimentos...

E minhas letras e eu, somos tuas
em alma e corpo, sonho e realidade
calmaria e brasas...

...Em traços de abraços 
macios de asas
e noutros de rasgos 
divisores de águas...

Na nascente de tantos sentimentos
os perigos e abrigos 
de um oceano inteiro 
por navegar.

Atravessam vitoriosos, todas as águas
e se levantam em pétalas de perfumes
e sonhos em asas
no delírio lírico dos versos
- o instrumento -
que consiga te tocar.

Imagem: Tumblr


 

6 comentários:

Arnaldo Leles

Puxa! Que intenso!

Anônimo

Boa tarde Lu, teus versos enredam uma personagem que tem maior permeabilidade através dos versos, e fazendo uso destes se dispõe mais abundantemente ao seu desejado amor que tanto a faz completa em corpo e alma, porque antes da sua presença esta padecia de um viver insípido sem muitas razões de ser, parabéns pelo vosso envolvente poema, eu te desejo um domingo de muitas satisfações, ao lado dos teus entes queridos, um beijo com muito carinho neste teu bondoso coração que o meu coração tanto ama, MJ.

Anônimo

Uma obra magnífica com suas digitais, assino com o mestre Miguel Jacó...

ania

Lu...vai lá no meu blog (na nossa conversa sobre player)deixei um link pra vc.
Menina...que coisa mais linda de se ler...é de encantar a alma! Teus versos são a mais pura sensibilidade...lindos demais!!! beijocas...

Amanda Lopes

Lindo, lindo, lindo, lindo! Tua sensibilidade é assombrosa Lucy. Parabéns poetiza.

Lucy Mara Mansanaris

Eu vi amiga e amei, obrigada! Mais uma vez me salvando, você é demais mesmo!
Salvei o link, mais tarde com mais calma, adicionarei no blog sim, muito, mas muito obrigada!
Tua amizade e carinho me engrandecem a alma, gratidão e laços sempre crescentes.
Um beijo

Real Time Web Analytics