“Não queiras ter pátria, não dividas a terra, não arranques pedaços ao mar. Nasce bem alto, que todas as coisas serão tuas...” (Cecília Meireles)

DAS SOMBRAS


Seria melhor se hoje fosse ontem
e a lembrança não fosse dor.
Bem melhor seria
abandonar as normas coloquiais 
da escrita 
e reprogramar o coração
deixando no silencioso,
sem toque ou vibração.
E talvez fosse melhor fechar os olhos
para não sentir a culpa,
 lacrar os sentidos, para não sentir nada.
Talvez não sobreviva a isso
ou até mesmo, já esteja morta.
Talvez o veneno 
não tenha se convencido
de todo o mal que tem.
Pode ser que isso tudo seja mesmo culpa 
dessa louca vontade de ir embora
ainda que não estando
em lugar algum.

lumansanaris
imagem: milos crnjanski citati

PENSAMENTO


Os melhores sentimentos nos colocam 
a flor de nossa própria pele...
 Outros, aprofundam o oco 
de nossa existência.
Não é a toa que o som das lágrimas
seja inaudível,
enquanto que, um bom riso, ecoa.

lumansanaris
imagem: Tumblr


DESASSOSSEGO

Grãos de areia presos
entre os dedos,
  desejo suicida de ternuras.

E a beira mar
quase tudo parece estar
muito distante.

Quase, pois barcos de mágoas
fazem ancoragem
na margem das lágrimas.

lumansanaris
imagem: Google

CHÃO DE ESTRELAS


 
Suspira um beijo que me toque a face
e revele nos silêncios de minha pele
verdades que são só tuas...

Perceba nas pistas do tempo
as notas dos meus sentimentos
a ti sempre endereçadas.

Somam-se os segundos
em que te sonho ao meu lado
e mesmo nas feridas
das pedras desta espera,
o meu caminho não se desvirtua.

Amo-te além dos meus conhecimentos
e tempestades
e talvez seja exatamente isso
 que me torne melhor 
a mim mesma.

Amor... A cada segundo mais
rogo pela paz de teus braços
e mesmo que a vida me tarde
este abraço,
as minhas vontades são todas tuas,
o destino não se esquiva,
o céu não se esconde
e o nosso chão é de estrelas.

lumansanaris 2014
imagem: Google

FRAGILIDADES


Talvez o meu coração se cale
pela única esperança
de que tu o conheças,
saibas dos seus sonhos e desejos,
suas posses e vazios.

E talvez chamas o consumam
a cada lembrança e a cada nova aposta
que insistem sempre em querer-te
- ter sem nada ter! -
E ainda assim, a saudade
irá consumir em mim, o pouco que me havia,
e novamente tu me terás restado.

O meu coração, talvez se dobre
curvando-se, prostrando-se
num último fôlego, num último segundo
e a minha prece ainda será em tua intenção.

Talvez se quebre o meu coração
oferecendo ameaça
a tudo mais o que tentar aproximação
guardando-te, insistentemente,
no centro, protegido.
E ainda que não saibas,
vez ou outra te permitirá escapar
no contorno de uma única lágrima
que sorri a sua estrada...
... outras, no afogamento
de um oceano inteiro, dentro de mim.

O meu coração talvez nunca perdoe
essa falta de simetria com a razão
e talvez nunca se aceite
e talvez nunca se pertença
e talvez nunca se convença
do tamanho da loucura desta devoção.

E mesmo quando triste o meu coração
tomado pela mágoa, dor e pavor
- por tanto sentir sem nada ter –
ainda assim,
o seu pranto será como canção
de um sentimento que tem
como única vaidade,
ser amigo de um tempo
que outros chamam de eternidade.

E talvez para sempre serás a raiz,
o céu e o chão,
serás o detalhe de cada estação,
carne, alma e espírito
florindo as horas de toda uma vida
que não sabe ser, sem te pertencer.

Nenhum outro olhar será o bastante,
acredito até 
que quanto mais me forem dedicados
maior será o peso de tua ausência.
E nenhuma palavra será suficiente
nunca haverá tradução, nem entendimento
também nem poderia,
posto que sempre foste
a minha maior fragilidade
dentro dos meus maiores transbordamentos.

lumansanaris
imagem: tumblr

Presente de uma amiga - Abá Morena

A Lu

Minha amiga Lu é a mesma eu
que nasceu em Minas
e mora em Mogi das Cruzes.

Ela é meu lado mais bonito,
Aquele lado que contém o coração
e eu sou seu torto lado direito...

A Lu é o meu lado iluminado
e eu sou seu lado negro, literalmente...
Eu sou o seu lado que existe
e ela é só poesia.

A Lu é o meu dia e eu sou a noite dela
Ela é aquarela com todos os tons intensos
que arde,
mas a gente se encontra tão bem 
num fim de tarde..!

A Lu é a metade do meu sorriso
e eu sou a metade do seu choro...
e quando junta tudo pelo telefone
mistura a vida e os nomes
e nem sabemos sobre
qual parte estamos falando...ssr

Acho que é isso,

A Lu é generosa
A Lu é delicada, querida, cheirosa...
Uma verdadeira rosa de beleza inigualável!
É o meu lado que contém essência
Sensível, perfumada...

A Lu é a parte minha que não coube na alma
mas a ela apetece...
Foi ser maioria no lugar da saudade, 
do lado que não me pertence.

Te amo Lu. 
(Abá Morena)

Este presente lindo, veio de uma amiga generosa e muito doce, uma amizade que começou através de um site literário, porém, a distância física, não nos impediu de nos conhecermos, então descobrimos que havia um plano lindo de uma amizade verdadeira e sem fim destinada a nós... Logo abaixo segue uns versinhos meus como forma extensiva de um carinho que irá ficar marcado por um longo tempo. Deixarei no rodapé o link de sua página. Além de um ser humano ímpar, ela é uma excelente poetisa.

Para Abá

Minha amiga Abá mora em Brasília
e há algum tempo nasceu dentro do meu coração.
Assim como eu, teve que crescer antes da hora
e cresceu tanto, que nunca reclamou
por tudo o que ficou para trás.

Ela é um misto harmônico entre poesia e realidade,
colorida com um tom perfeito
e a alma cinzelada com bondade.

Abá tem dessas coisas e outras tantas também,
enxerga na gente, o que na verdade é dela
pintando aquarelas com a sua generosidade.

Ela é aquele sorriso que rompe a distância,
para comigo estar, dividindo momentos que amanhã,
chamaremos de saudade.
E só tem um defeito,  rs... ainda não compreende,
que essa paz que ela diz que comigo sente,
na verdade, esteve ali, a todo o momento dentro dela.

Ela é aquela amiga perfeita,
que sempre vem como é, aceitando-me assim, como sou.

Ela é um carinho do céu que me foi entregue
o milagre de uma só semente que floresce todo um jardim,
e que independente de como esteja o tempo,
estará sempre ali, a florir doçuras, gentilezas e generosidades
no perfume infinito que só poderia vir, de uma amiga de verdade.

Com extremo carinho e gratidão
(Lu)
Imagem: Tumblr
(Abá sua linda! Por pouco não usei uma foto de nós duas)

Clique aqui para conhecer mais obras de Abá Morena

NATUREZAS


Silencio
quando a palavra provoca 
vertigem dor.

E é em momentos assim
que o íntimo se agita 
como a um mar   
tendo as suas margens 
afogadas pelas pedras.

Porém, o mar as consome
d.e.l.i.c.a.d.a.m.e.n.t.e
enquanto me consumo 
pela hemorragia.

Encerro então a palavra, 
pois até o céu da minha boca
é ausente de estrelas...

Já ao mar, foi permitido mais.

Lumansanaris
imagem: Google
  
Real Time Web Analytics