“Não queiras ter pátria, não dividas a terra, não arranques pedaços ao mar. Nasce bem alto, que todas as coisas serão tuas...” (Cecília Meireles)

M A I S

          Saudade de querer chegar
          um dia e
          este me pertencer
          E depois de um tempo
          recordar e dizer
          - Parece que foi ontem.

          ...Eu te via
          a meia luz de uma estrela nossa
          adornado-me com teus risos.

          Ah
          que vida, que sonho
          o doce milagre de contigo
          sorrir e sofrer
          Somando-nos e não sendo
          mais que um.

          Desenhando os meus olhos
          com o brilho
          que na noite anterior
         plantei nos teus
         Pois que cada noite nos valia
         uma vida.

          O dizer dos dias
          que se construíam com
          as mais simples saciedades
          cumpridas
          com o capricho que só cabe
          ao amor de verdade
          Deixando todo o resto livre
          para a felicidade.

          Saudade de querer ter força
          para nos convencer
          de que
          alguns pecados
          são realmente bons
          E que
          este medo de viver a vida
          mais machuca que preserva.

                                                                         lumansanaris 
                                                                         imagem: Google

11 comentários:

  1. yes, of course I want . . .
    love this post, your photo.

    ResponderExcluir
  2. Lucy, Lucy! Isso ficou tão lindo menina! Parabéns!
    Abração!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia querida Lu..
    poesia muito bem vestida
    pelas palavras que embalam a tua alma
    lindamente doce amiga...
    beijo grande deste teu amigo.. até sempre

    ResponderExcluir
  4. Posso chamar de poesia pura, não apenas poema... A mais linda obra que li nos últimos 10 anos. Obrigado pela leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pela sua generosidade.

      Excluir
    2. Realmente Lu..de uma leveza ímpar!!!!Parabéns minha amiga super-hiper talentosa...continue assim minha gataahhh!!!!bju Abá

      Excluir
  5. Magnífico e com suas digitais mestra Lu Mansanaris.

    ResponderExcluir
  6. Bom te ler de novo amiga, tava já com saudade desse cantinho!! E um encanto esses versos, amei, parabéns

    ResponderExcluir
  7. SERGIO NEVES - ..."MAIS", ...mais poesia do que qualquer outra,...muito mais! / Carinhos.

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde Lu Mansanaris, a vida é um campo de contínuos experimentos, nos quais os nossos sonhos nos completam mais do que as nossas práticas, pois esta serão sempre circundadas de muitas precauções, que acabam por retirarem do mel a sua doçura deixando apenas o azedume do que já perdeu o viço, parabéns pelo envolvente poema, um beijo com muito carinho neste teu bondoso coração que o meu coração tanto ama, MJ.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho para com as minhas digitais.

Real Time Web Analytics