"Cabe-nos a tarefa irrecusável, seriíssima, dia a dia renovada, de - com a máxima imediaticidade e adequação possíveis - fazer coincidir a palavra com a coisa sentida, contemplada, pensada, experimentada, imaginada ou produzida pela razão." Goethe

DAS SOMBRAS


Seria melhor se hoje fosse ontem
e a lembrança não fosse dor.
Bem melhor seria
abandonar as normas coloquiais 
da escrita 
e reprogramar o coração
deixando no silencioso,
sem toque ou vibração.
E talvez fosse melhor fechar os olhos
para não sentir a culpa,
 lacrar os sentidos, para não sentir nada.
Talvez não sobreviva a isso
ou até mesmo, já esteja morta.
Talvez o veneno 
não tenha se convencido
de todo o mal que tem.
Pode ser que isso tudo seja mesmo culpa 
dessa louca vontade de ir embora
ainda que não estando
em lugar algum.

lumansanaris
imagem: milos crnjanski citati

8 comentários:

  1. A gente tem essa vontade de ir embora e marchar para frente.. mesmo que não saibamos pra onde vamos e o que vai dar.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. A realidade na maioria das vezes não tem a cor, o glamour dos nosso sonhos, mas a vantagem que é real, palpável, transformável. Muito bem escrito, Lucy. Gostei daqui. Seguindo...

    ResponderExcluir
  3. Lindas palavras.. a melancolia presente nelas torna-as ainda mais profundas.. Gostei muitíssimo!

    Um grande abraço..

    ResponderExcluir
  4. Profundo e melancólico, muito lindo amiga!
    Não sei se é pela imagem que tenho de você, não vi loucura alguma aqui, apenas sentimentos intensos descritos com essa sua elegância singular.
    Muito bom de ler... Te amo minha querida, beijo nas duas princesas! Flávia

    ResponderExcluir
  5. SERGIO NEVES - ..."Das Sombras" ,...e daí, então, surgiu a mais iluminada das poesias! / Carinhos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu,
    Sentimentos profundos.
    Quando tenho vontade de ir embora aciono
    logo a coragem.
    beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho para com as minhas digitais.

Real Time Web Analytics