"Cabe-nos a tarefa irrecusável, seriíssima, dia a dia renovada, de - com a máxima imediaticidade e adequação possíveis - fazer coincidir a palavra com a coisa sentida, contemplada, pensada, experimentada, imaginada ou produzida pela razão." Goethe

CHÃO DE ESTRELAS


 
Suspira um beijo que me toque a face
e revele nos silêncios de minha pele
verdades que são só tuas...

Perceba nas pistas do tempo
as notas dos meus sentimentos
a ti sempre endereçadas.

Somam-se os segundos
em que te sonho ao meu lado
e mesmo nas feridas
das pedras desta espera,
o meu caminho não se desvirtua.

Amo-te além dos meus conhecimentos
e tempestades
e talvez seja exatamente isso
 que me torne melhor 
a mim mesma.

Amor... A cada segundo mais
rogo pela paz de teus braços
e mesmo que a vida me tarde
este abraço,
as minhas vontades são todas tuas,
o destino não se esquiva,
o céu não se esconde
e o nosso chão é de estrelas.

lumansanaris 2014
imagem: Google

5 comentários:

Arnaldo Leles

2014? POR ISSO ACHEI FAMILIAR.. muito linDO, (COMO TUDO QUE VC FAZ!)
fICA B!

Rick Forrestal

Beautiful shoulder.
Beautiful back.
Beautiful image.
I love this.

Renato Alves

Mágicos versos!
A poetiza esbanja delicadeza, incrível menina!
Abraços do fã, Renato.

Yehrow, Adônis, ou quem quiser eu seja.

É sempre um prazer renovado visitar sua poesia!

Anônimo

SERGIO NEVES - ...emocionas sempre! / ...admiro-te além dos meus conhecimentos... / Carinhos.

Real Time Web Analytics