“Não queiras ter pátria, não dividas a terra, não arranques pedaços ao mar. Nasce bem alto, que todas as coisas serão tuas...” (Cecília Meireles)

POEMA DO AMOR PRÓPRIO

         
               Peço-te, amor
               que no momento em que me vires chorar
               lembra-te de que hoje, ainda é muito cedo.

               Permita-me então
               que eu te enfraqueça pelas lágrimas
               apenas desta vez e talvez, nunca mais.

               Não queira que a tua lembrança
               colonize-me feito pedra
               pois, se endurecida, solidifica-me também
               toda a essência.

              Demando-te em cascata,
              cerimoniando-me a curva dos olhos
              desaguando na virgem face, a contrição.
             - quase que como a um benzimento -

              Livra-me o constrangimento do falso riso,
              pois hoje eu te rio, cachoeira e oceano
              todos eles, em salgado pranto.

              Então, deixa-me aqui, 
              que por este sal te liberto.

              E quem sabe assim
              amanhã, eu volte a ser melhor para mim
              somente por não te ter tão dentro 
              e deserto.

              lumansanaris - in Digitais da Alma, pág 48 -
              Imagem: Google


 

5 comentários:

  1. Hum! Dá gosto ler coisas assim!
    Paz no seu dia!

    ResponderExcluir
  2. Lucy,
    obrigado por toda essa facilidade em surpreender os seus leitores!
    Um forte abraço, Humberto.

    ResponderExcluir
  3. Lágrimas... ausência e sdd fazem parte do amor e de qualquer relação humana.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  4. SERGIO NEVES - " ...amanhã, eu volte a ser melhor para mim..." -plagiando-te um pouquinho, pelo que de tanto a mim encantas: "... hoje, voltas a ser o melhor para mim..." / Carinhos.

    ResponderExcluir
  5. Esse poema me encanta Lucy, aliás, o seu livro todo é extremamente lindo, parabéns pelo dom!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho para com as minhas digitais.

Real Time Web Analytics