"Cabe-nos a tarefa irrecusável, seriíssima, dia a dia renovada, de - com a máxima imediaticidade e adequação possíveis - fazer coincidir a palavra com a coisa sentida, contemplada, pensada, experimentada, imaginada ou produzida pela razão." Goethe

S E N T I D O


                                            Olhos em águas profundas
                                       ancorados por silêncios,
                                       constroem capelas...

                                        Mas, num sopro de paz,
                                        içam-se as velas do coração.

                                        Partem então em viagem...

                                        Recolhendo algumas moedas de sol
                                        sobre o caminho verde das águas,
                                        retribuem com um riso.

                                        E timidamente 
                                        voltam-se para dentro,
                                        permitindo ao vento
                                        o fluir dos pensamentos,
                                        mudando a fotografia 
                                        de suas retinas...

                                        E o tempo se desfaz
                                        agora não é mais
                                        apenas “ontens”.

                                        lumansanaris
                                        Imagem: Google
  

10 comentários:

Anônimo

Lucy, quanta beleza menina!
As ondas quebrando o reflexo do sol, tornando-as moedas da sorte... Ual!
Profundamente encantado, Humberto.

Bell

O tempo pode ser um grande amigo.

bjokas =)

Élys

Linda poesia, onde o tempo aparece marcando um momento.
Um abraço,
Élys.

Antheps Silva

Maravilhosa poesia, ilustre poetisa Lucy Mara. Versos repletos de intensa suavidade, criatividade e inspiração. Agradeço imensamente e sua visita sempre bem vinda ao meu blog e a gentileza de seus comentários... A nossa amiga e poetisa Sonya é uma pessoa maravilhosa que tive a honra de conhecer através do site Recanto das Letras.
Desejo-lhe um final de semana repleto de Bênçãos... Abraços de Luz em teu coração.

Camila

Maravilhosa sensibilidade Lu!
Beijo ❤❤❤❤❤

Helio Pastre

“Recolher moedas de sol no mar”
As imagens que a poetisa traz aos leitores não têm par! Escritos profundamente belos e intensos!
Quero me desculpar pelo último comentário (um tanto grosseiro) a intenção era apenas de protestar quanto ao silêncio.
Espero que possa me perdoar pelo “o que eu não disse” bem.
Lucy, meu carinho e admiração por você são imensos!

Lucy Mara Mansanaris

Bom dia Helio
Não vi grosseria alguma no comentário em questão, não há com o que se desculpar, mesmo!
Recebo com muito carinho os comentários e compreendi sim o que disse.
Fique em paz e receba a minha gratidão pelo carinho que dispensa as minhas letras.

João Batista Figueiredo

Poesia supra.
Refinada e sensível, parabéns poetisa!

Nicolalys G

Tuas letras são docemente mágicas Lucy!

Leonardo Sasseron

Essa Mansanaris sabe escrever bonito demais!

Real Time Web Analytics