"Cabe-nos a tarefa irrecusável, seriíssima, dia a dia renovada, de - com a máxima imediaticidade e adequação possíveis - fazer coincidir a palavra com a coisa sentida, contemplada, pensada, experimentada, imaginada ou produzida pela razão." Goethe

S E N T I D O


                                            Olhos em águas profundas
                                       ancorados por silêncios,
                                       constroem capelas...

                                        Mas, num sopro de paz,
                                        içam-se as velas do coração.

                                        Partem então em viagem...

                                        Recolhendo algumas moedas de sol
                                        sobre o caminho verde das águas,
                                        retribuem com um riso.

                                        E timidamente 
                                        voltam-se para dentro,
                                        permitindo ao vento
                                        o fluir dos pensamentos,
                                        mudando a fotografia 
                                        de suas retinas...

                                        E o tempo se desfaz
                                        agora não é mais
                                        apenas “ontens”.

                                        lumansanaris
                                        Imagem: Google
  

10 comentários:

  1. Lucy, quanta beleza menina!
    As ondas quebrando o reflexo do sol, tornando-as moedas da sorte... Ual!
    Profundamente encantado, Humberto.

    ResponderExcluir
  2. O tempo pode ser um grande amigo.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Linda poesia, onde o tempo aparece marcando um momento.
    Um abraço,
    Élys.

    ResponderExcluir
  4. Maravilhosa poesia, ilustre poetisa Lucy Mara. Versos repletos de intensa suavidade, criatividade e inspiração. Agradeço imensamente e sua visita sempre bem vinda ao meu blog e a gentileza de seus comentários... A nossa amiga e poetisa Sonya é uma pessoa maravilhosa que tive a honra de conhecer através do site Recanto das Letras.
    Desejo-lhe um final de semana repleto de Bênçãos... Abraços de Luz em teu coração.

    ResponderExcluir
  5. Maravilhosa sensibilidade Lu!
    Beijo ❤❤❤❤❤

    ResponderExcluir
  6. “Recolher moedas de sol no mar”
    As imagens que a poetisa traz aos leitores não têm par! Escritos profundamente belos e intensos!
    Quero me desculpar pelo último comentário (um tanto grosseiro) a intenção era apenas de protestar quanto ao silêncio.
    Espero que possa me perdoar pelo “o que eu não disse” bem.
    Lucy, meu carinho e admiração por você são imensos!

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Helio
    Não vi grosseria alguma no comentário em questão, não há com o que se desculpar, mesmo!
    Recebo com muito carinho os comentários e compreendi sim o que disse.
    Fique em paz e receba a minha gratidão pelo carinho que dispensa as minhas letras.

    ResponderExcluir
  8. Poesia supra.
    Refinada e sensível, parabéns poetisa!

    ResponderExcluir
  9. Tuas letras são docemente mágicas Lucy!

    ResponderExcluir
  10. Essa Mansanaris sabe escrever bonito demais!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho para com as minhas digitais.

Real Time Web Analytics