“Não queiras ter pátria, não dividas a terra, não arranques pedaços ao mar. Nasce bem alto, que todas as coisas serão tuas...” (Cecília Meireles)

CARTA PARA O MEU JASMINZINHO

Filha... Vê como são as coisas?
Hoje acordei te amando muito mais que ontem, e, com isso, as manhãs se repetem de certa forma.
Comovo-me na naturalidade deste amor infinito e indizível, aliás, a tua existência me apresentou uma nova forma de enxergar. 
Abraço-te constantemente neste meu olhar de contradições, onde tudo é mais intenso e relevante, complexo e simples, urgente e dispensável, frágil e resiliente, e para sempre,  e para tudo, mutável.
E na loucura deste amor absoluto, permito-me um momento de desprezo a tudo o que não te envolve, escondo os meus medos, enfeito o rosto com o meu melhor riso, e ainda assim, não traduzo com fidelidade a felicidade e gratidão pela forma com que habitas em mim.
E contigo em meus braços, desenho um mundo onde tudo é bom, num laço de esperanças, palavras e atitudes... Ah filha, pudesse eu, permaneceríamos sempre assim; mas o amor é mais...
Cada passo teu, é como um milagre crescendo em mim, no mais profundo da alma, alimentado por uma paz que não conhece fim. Benditos sejam os teus caminhos e que nunca percas este dom de perfumá-los...
Mesmo quando chegarem os desconfortos e por maiores que eles pareçam, ainda assim, nunca os tema, usa-os a teu favor, como pilares da construção de tudo o que defendes em tua fé...
Ama filha, sem medo... Reciprocidades e diferenças e, nunca percas o gosto por descobri-las, pois assim poderás iluminar a muitos com o brilho destes teus olhos de ternura.
Amplia os teus campos de visão sem perder a fidelidade por ti mesma, sem temer a lutas, na certeza de que tudo pode ser mudado...
Muda quantas vezes achar necessário. Fica quando quiseres.  Ri. Chora.  E voa na liberdade que é só tua, neste teu espetáculo de encantar e tomar a vida muito mais leve e bonita ao teu redor.
Ah filha, irás crescer tanto... E eu permanecerei te olhando, aplaudindo e abençoando, sempre, sempre e sempre... E nada, absolutamente nada mudará essa verdade... Serás para sempre a minha menina, o meu maior e mais puro amor...
E por toda a vida, viverei nesta doce naturalidade das manhãs que se repetem fortalecendo os nossos laços, aumentado este amor que hoje, já envolve e toma conta de tudo.
Percebe filha o que fizeste comigo? Não existe nenhum outro ser no universo, com um destino tão doce quanto o meu...
Por ontem, por hoje, por tudo o que conheço e o que ainda nem imagino, obrigada...
Muito obrigada filha por ser a minha força permanente, o meu mundo, meu tudo, meu lindo jasminzinho...

Com infinito amor, mummy.

RESPOSTA:
Querida mamãe
O amanhecer é lindo e você também é!
Eu só quero brincar com você, brincar, brincar e brincar
Eu te amo muito mamãe
A Vivi te ama mamãe fofa e linda
Eu te amo e adoro demais
Beijos, teu jasminzinho
(Vivi)
Real Time Web Analytics