"Cabe-nos a tarefa irrecusável, seriíssima, dia a dia renovada, de - com a máxima imediaticidade e adequação possíveis - fazer coincidir a palavra com a coisa sentida, contemplada, pensada, experimentada, imaginada ou produzida pela razão." Goethe

DE SONHOS E REALIDADES



Amor, fala-me também de tuas sombras
pois te quero tão bem 
e verdadeiramente, que muitas vezes, 
esqueço de maquiar os olhos,
com alguma medida extra de coragem.
Porém, eu bem sei que é pela dor
que nos chegam as melhores lições.
Ah amor, descansa em mim
permitas que eu te seja algo bom
- talvez um verso bonito para se ler -
Então, se puderes, vem sem medo
não me priva dos risos que confessam
 os nossos momentos
 raros, preguiçosos e encantados...
Pois que te conservo sempre
no meu afeto mais genuíno,
dentro desta eterna magia de te sonhar
aqui, bem ao meu lado.

Lumansanaris
Imagem: Google

9 comentários:

  1. Quero tua boca, para meus sonhos poetizar
    Quero teu corpo, para meus desejos cavalgar
    Quero teu abraço, para meu pranto acalentar
    E os teus olhos, para minha senda iluminar.

    Que a imensidão de teus versos estenda-se o tempo que vier, pela distância que for e por todas as rimas que couberem em tua poesia.
    Um bom dia e uma boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindos versos Messias, obrigada por compartilhar.
      Um abraço, boa semana pra ti também, =)

      Excluir
    2. Posso até concordar que, na essência, tudo bem, mas na aparência, devia ter lapidado mais.
      Abraços, Lu.

      Excluir
    3. Ficaram lindos, a espontaneidade me agrada muito.
      Obrigada sempre pelo carinho Messias, um abraço, Lu.

      Excluir
  2. SERGIO NEVES - Um querer tão doce, tão delicadamente amoroso... / (...e, por toda essa intensidade e paixão que demonstras, não tem como alguém não considerar que já és, sim, um verso bonito para se ler). / Carinhos Lu.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Lu, que leve sombra sopras a Zéfiro. Lindo demais. Luz e paz. beijo no coração.

    ResponderExcluir
  4. O que se quer com a alma, se quer com o que há de mais belo da vida! Amiga, forte e terno abraço, Humberto.

    ResponderExcluir
  5. LUCY MARA,

    direta,diretíssima, sem nenhum direito àquela clássica cara de paisagem seguida daquele dissimulado :"Não entendi!"

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho para com as minhas digitais.

Real Time Web Analytics