"Cabe-nos a tarefa irrecusável, seriíssima, dia a dia renovada, de - com a máxima imediaticidade e adequação possíveis - fazer coincidir a palavra com a coisa sentida, contemplada, pensada, experimentada, imaginada ou produzida pela razão." Goethe

GOTINHAS DA MINHA VIVI

Para a minha filha, Maria Vitória.

                                      Vivi é um anjo cor de rosa
                                      emprestado à terra
                                      com a missão de deixar a vida
                                      muito mais bonita...
                                      Ela é como o sol do meio dia
                                      que a tudo alumia
                                      extinguido as sombras
                                      e perfumando os ares
                                      com suaves notas frescas de romã,
                                      ou seria amor?
                                      Pois tudo que Vivi é e tem,
                                      remete-nos a mais pura essência 
                                      deste sentimento...

                                      Feita de delicadezas e ternuras
                                      ama a vida e suas diversas formas
                                      e ensaia poesia com o olhar.
                                      Tão jovem e rara flor, única!
                                      Tem o poder de semear a primavera
                                      só com a marca dos pezinhos
                                      e depois regá-la a puro riso.
                                      Ah, mas quanto triste
                                      arma-se de um biquinho
                                      que derrete até aço!
                                      E, se feito, nunca o deixa enferrujar,
                                      porque simplesmente para tudo,
                                      tem os seus planos e cuidados.

                                      Nasceu em berço de mãe coruja
                                      porém, não sei bem quando,
                                      decidiu trocar os papéis...
                                      Vez ou outra me dá algumas broncas
                                      e logo depois, um forte abraço
                                      enfeitado com uma lágrima de perdão.

                                      Ter Vivi, é conhecer a posse de algo assim,
                                      completo e santo...
                                      Impossível fazer uma justa descrição!
                                      É como uma gota de orvalho, aquecida
                                      escorregando e brincando 
                                      nos braços da vida...
                                      Invocando os horizontes
                                      a se voltarem às lições do passado
                                      para que todos possam
                                      reaprender a ser outra vez.

                                      ** Lumansanaris 
                                      Imagem: Arquivo pessoal

7 comentários:

Sony Azevedo

Dios mio, como Vivi está de uma doce fofura, com duas bochechas delícia de apertar!!!!! Linda demais!!! E a poesia faz jus a princesa. Ficou muito boa, mesmo. Grata por compartilhar em primeira mão. Muita luz e paz. Beijo no coração. PS. A música também está linda. Bjs.

Anônimo

Nossa, que maravilha! A mãe da Vivi transborda amor por ela, mas também não é pra menos: ela é uma fofa! (se parece muito com a mamãe rsrs). O poema é a pura essência do amor maternal. E como expressaste bem esse sentimento em poesia. O amor tem dessas coisas... E me encanta vê-lo assim em versos tão lindos. Abraço pra você, abraço pra Vivi! Marina Alves.

Lázara papandrea

que Lindo Lu! Só quem possui um tesouro assim sabe o seu valor! bjos

Bell

Que linda muito parecida com vc sua princesa.
Parabéns mamãe pela filhota linda.
Adoro a música de fundo, usei ela musical em uma homenagem para meu filho no blog rs...

Deus as abençoe.

bjokas com carinho =)

Bell

http://meusegredosbell.blogspot.com.br/2013/10/meu-eterno-amor-parabens.html

Olha o link ai

bjokas =)

NLC POESIAS

Ahhh que encanto essa chuva de Vivi. Amiga emocionada com teus versos, e creio que esse amor que transborda em cada palavrinha é que faz essa relação tão especial. Mais que mãe e filha, mais que filha e mãe, mas amigas e companheiras. Parabéns, muito lindo isso tudo, amei, bjs

Anônimo

SERGIO NEVES - ...a mais bela, singela, terna e pura declaração de admiração e amor a alguém que eu já li! / Carinhos Lu.

Real Time Web Analytics